Por que é importante ter funcionários de várias gerações trabalhando juntos?

- Deixe um comentário

70 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 70 70 Flares ×

Por que é importante ter funcionários de várias gerações trabalhando juntos

O renomado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado destaca em suas entrevistas que até pouco tempo fazia suas viagens pelos lugares mais remotos do mundo com mais de 30 quilos de rolos de filmes na bagagem. Os filmes foram substituídos por cartões de memória, mas ele confessa que seus assistentes fazem uma prancha de contato que é editada com uma lupa por que ele não sabe editar no computador. Temos aí um exemplo verídico de como gerações distintas se completam trabalhando juntas! Assim, a convivência entre diferentes gerações nas empresas é uma questão de sobrevivência. Independentemente do ramo da instituição, dos anos de mercado ou da quantidade de colaboradores, todas as faixas etárias precisam ser contempladas para garantir a vitalidade das organizações, somando experiência e inovação.
O estudo Workforce 2020, feito recentemente pela Oxford Economics com 5.400 colaboradores e executivos de empresas de 27 países, incluindo o Brasil, mostra que, embora 51% dos executivos considerem que a geração Y – como são conhecidos os jovens que nasceram entre os anos de 1980 e 1990 – provoca grandes impactos em suas estratégias empresariais, menos de um terço diz que está dando a devida atenção a ela. Por isso, os gestores precisam estar atentos à composição de suas equipes, lembrando três características essenciais das gerações maduras e três da geração Y: memória, maturidade, experiência e energia, especialização, empenho.
Memória
Equipes maduras conseguem se recordar de grandes períodos de crises econômicas e se lembram, igualmente, dos esforços e soluções criativas que eram necessárias para manter pagamentos em dias e negócios lucrativos. Eles também guardam na memória experiências com fornecedores, sistemas, softwares e metodologias pregressas e sabem aproveitar os aspectos positivos e negativos para construir novas experiências.
Maturidade
Embora maturidade não seja uma característica inerente aos mais velhos, é natural que aqueles com mais tempo de estrada sejam mais maduros. Colaboradores experientes, geralmente, equilibram melhor as habilidades técnicas e comportamentais, sabem separar a esfera profissional da pessoal e lidam melhor com certos conflitos comuns no ambiente corporativo.
Experiência
Os colaboradores experientes também trazem histórias diferentes vividas em variados cenários e tendem a encontrar respostas mais assertivas quando precisam de soluções para o presente. O significado filosófico para a palavra “experiência” diz que é todo conhecimento adquirido através da utilização dos sentidos, ou seja, o que já foi visto, ouvido, sentido, tocado, enfim, vivido.

Energia
A energia da geração Y é um característica muito marcante. São naturalmente empolgados e sentem-se satisfeitos quando encontram soluções de forma rápida. Como viveram a explosão da revolução digital, estão sempre conectados e buscam respostas na rede. Para eles, é um prazer indicar um site, um sistema ou um aplicativo que vá ajudar na tomada de alguma decisão.
Especialização
Os jovens estudam cada vez mais. Além da qualificação formal, eles têm utilizado diferentes formas de capacitar-se: abrindo startups, participando de grupos de discussão, plataformas colaborativas, grupos de iniciação cientifica, entre outros. A figura do generalista está extinta, eles são cada vez mais especializados e dedicados às suas áreas.
Empenho
A geração Y não está acostumada a ouvir “não”, o que em si não é uma característica positiva, mas no ambiente de trabalho isso se transforma em um ponto a favor. Quando eles não conseguem uma boa negociação ou um resultado favorável, se empenham como ninguém para encontrar um caminho e lançam algumas assim: “uma microempresa de Singapura está usando uma solução parecida, acho que podemos aperfeiçoar”.
As empresas devem esforçar-se para manter grupos de trabalho cada vez mais heterogêneos, o que traz pluralidade ao ambiente organizacional e abre novas possibilidades. Mesclar características de diferentes gerações gera resultados! Certamente, o olhar genial de Sebastião Salgado é o mesmo há anos, mas ele está sabendo agregar a técnica e a perspicácia de seus assistentes para estar sempre melhor.
E na sua empresa? Há um equilíbrio entre colaboradores de diferentes gerações?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>