Mudanças: como envolver sua equipe para torná-las possíveis

- 1 Comentário

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Mudanças: como envolver sua equipe para torná-las possíveis

Para enfrentar tempos de crise nas organizações, o líder precisa promover mudanças. Mas a tarefa não é fácil, pois antes de efetuar qualquer modificação na rotina ou metodologia dos seus colaboradores, o líder precisa motivar sua equipe a cooperar. Isso, porque antes de se envolver com mudanças, as pessoas precisam acreditar que aquilo que se deseja mudar é possível e é necessário.

No contexto organizacional, cabe ao gestor convencer os colaboradores de que é possível alcançar as metas e os objetivos traçados, pois ninguém se envolverá com o que não acredita ser factível. Mas como envolver e influenciar a equipe para promover mudanças e superar crises?

Engajando e envolvendo a equipe

Para realizar as mudanças no ambiente organizacional, o gestor precisa contar com o auxílio de todos os colaboradores. É a única forma dos novos objetivos saírem do plano das ideias e se concretizarem. No entanto, somente uma equipe engajada e envolvida com a promoção da mudança vai permitir que o gestor efetive as alterações. Antes de iniciar as mudanças, o gestor precisará, sumariamente, seguir alguns passos:

1. Reconhecer as principais ferramentas necessárias para a reestruturação

Tal reconhecimento só se dará se o líder souber ouvir a equipe e garantir momentos de comunicação com os colaboradores. Apenas com a conversa será possível entender como todos se sentem em relação ao que se pretende mudar e ainda otimizar o esforço que cada setor empenhará na nova fase.

2. Traçar um plano para as mudanças

O plano precisa incluir com objetivos claros e prazos de execução, e comunicá-lo aos colaboradores, criando rotinas de avaliação e feedback em relação a cada fase proposta. Por meio das rotinas de reuniões de avaliações, será mais fácil entender e superar as dificuldades dos colaboradores em colocar em prática a mudança, assim como identificar o que deve ou não continuar sendo feito e se a mudança está mesmo tornando mais produtivo o dia-a-dia da organização.

3. Promover uma cultura de transparência

Explique aos colaboradores as motivações para cada mudança proposta e o que de fato se espera alcançar. Sem conhecer o motivo da mudança, a equipe pode perder tempo e sentir-se insegura tentando encontrar explicações para as possíveis causas da proposta e até mesmo sentir-se desmotivada, acreditando que não será útil nessa nova fase da organização. O gestor precisa especificar o que vai mudar e traçar formas colaborativas de cada setor alcançar os novos objetivos e se avaliar.

4. Valorizar os colaboradores

Crie estratégias para agradecer e reconhecer com frequência a atuação dos que se esforçam e se envolvem no processo de mudança. Também é importante criar canais de comunicação para que seu time aponte os pontos do processo, de forma a considerar as críticas nas revisões do planejamento feito anteriormente.

Considerando tais passos, o gestor mostrará à equipe que a mudança proposta será benéfica, explicará como cada colaborador é importante para que ela se efetive e deixará claro como toda a organização se envolverá e tornará possível a materialização das alterações.

Trackbacks

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>