Empowerment: o que é e como aplicá-lo na sua empresa

- 2 Comentários

12 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 12 12 Flares ×

02F62308-640x460

Quando se fala em gestão organizacional, uma prática bastante recorrente é o Empowerment. Também conhecido como Empoderamento, o Empowerment se apresenta como um revolucionário modelo de gestão de pessoas, pautado na motivação genuína e na autonomia dos indivíduos.

Em poucas palavras, esse termo se resume ao fortalecimento do poder decisório dos profissionais, de modo que resultados excepcionais sejam alcançados na empresa. Quer saber mais sobre Empoderamento e como sua aplicação é capaz de mudar os rumos do seu negócio? Então continue conosco!

Para começo de conversa: o que é Empowerment?

Nas organizações, o significado de Empowerment diz respeito a liberar habilidades, energia e conhecimento, assumindo a responsabilidade pelo trabalho e agindo com mais autoridade e autonomia após ter sido designado para isso. A partir do Empoderamento, os colaboradores passam a se relacionar de maneira diferente com as suas atribuições e a demonstrar mais compromisso na execução das tarefas.

Além da simples delegação de tarefas

O Empowerment não deve ser confundido com a mera delegação de tarefas, tampouco ser baseado no estilo tradicional de gerenciamento ODS (Organizar, Delegar e Supervisionar).  Empoderar vai além, pois atinge a esfera do comprometimento e responsabilização. Nesse conceito, é preciso que os profissionais se sintam parte do negócio, membros diretamente responsáveis pelo sucesso da empresa.

O poder de cada um ou o poder da coletividade?

O Empoderamento acontece individualmente, mas ganha dimensões mais profundas na  coletividade. Em outras palavras, ele deve ser compartilhado e construído por meio da cooperação e engajamento do todo. Só assim essa prática encontra seu real sentido.

Na essência e na prática, o Empowerment envolve a descentralização de  poderes na escala organizacional, conferindo autoridade e autonomia para funcionários situados em diferentes níveis hierárquicos. Cumpre ressaltar que mesmo realizando funções distintas, os colaboradores devem caminhar  com um só propósito e em uma única direção: o sucesso geral da empresa.

O Empowerment como catalisador de talentos

Toda e qualquer organização que quer se destacar em seu nicho deve ser composta por profissionais com múltiplos talentos. O Empowerment é uma excelente estratégia para fazer com que esses talentos sejam despertados, reconhecidos e valorizados. É um verdadeiro processo de catálise, no qual o potencial criativo é combinado ao capital intelectual a fim de acelerar transformações significativas na empresa.

Empowerment não é exclusividade dos líderes

Quando se fala em Empowerment, é praticamente impossível não associar essa prática à cultura organizacional e liderança. No entanto, essa abordagem de trabalho está longe de ser uma exclusividade dos líderes. O ideal é que o Empoderamento seja praticado por representantes  de diferentes níveis hierárquicos. Quanto mais pessoas adotarem essa estratégia, melhor!

Por outro lado, as tarefas e responsabilidades não devem ser distribuídas aleatoriamente, especialmente se a equipe não estiver preparada. A implementação do Empoderamento é um processo gradual, que envolve diferentes fatores e não se dá da noite para o dia. Tenha paciência, caso contrário os resultados podem não ser os esperados.

Quais vantagens o Empowerment agrega ao seu negócio?

O Empowerment apresenta uma série de benefícios que contribuem bastante para o crescimento organizacional e sucesso nos negócios. Confira a seguir boas razões para mudar o modelo de gestão da sua empresa:

  • Foco no cliente;

  • Simplificação dos processos;

  • Equipe motivada e com autoestima elevada;

  • Redução de custos;

  • Direção alinhada aos objetivos, metas e estratégias;

  • Decisões mais rápidas;

  • Revelação de talentos;

  • Aumento da produtividade;

  • Agilidade na implementação de ações;

  • Sinergia entre os membros, gerando um ótimo ambiente organizacional.

Como aplicar o Empowerment nas empresas?

O potencial dos colaboradores deve ser bem aproveitado pelas organizações. A atribuição de responsabilidade e delegação de poderes viabiliza essa condição, sem deixar de lado a definição de metas e objetivos ou o estabelecimento de regulamentos e normas. É importante lembrar que Empowerment não está limitado a instituir líderes e nem a simplesmente constituir novas equipes. Empoderar é compreender a equipe já formada como força absoluta para pensar, agir e transformar (positivamente) o negócio, auxiliando os superiores na gestão ‘compartilhada’ da empresa. Veja a seguir os passos para tornar o Empoderamento uma realidade na sua organização:

  1. Identificar o estágio e as causas da dependência organizacional;

  2. Criar estratégias para provocar mudanças no estilo de gestão, transformando profissionais ‘dependentes’ em profissionais empreendedores;

  3. Fazer com que todos entendam a importância da autonomia, responsabilidade e autoridade nos processos organizacionais;

  4. Estabelecer prazos e metas, pois isso ajuda na formação de times autogerenciáveis;

  5. Investir em educação corporativa (cursos, treinamentos e palestras) com foco no Empowerment;

  6. Atribuir responsabilidades de acordo com os talentos, competências e habilidades de cada profissional;

  7. Acompanhar e avaliar os resultados.

Empoderar é acreditar, influenciar e dar poder para realizar e transformar. Isso se reflete não só no trabalho, mas na vida de quem é empoderado. Diante disso, é fundamental que o Empowerment faça parte da cultura organizacional das empresas.

Você acredita nisso? Já pratica o Empoderamento na sua organização? Compartilhe suas experiências conosco através dos comentários!

Comentários

  1. says

    Estou a 06 meses na empresa Verde Transportes, sou gestor de uma equipe de 17 colaboradores na área comercial, e ao iniciar minhas atividades percebi que o poder de decisão esta ligado unica e exclusivamente ao gestor anterior, o que retardava as decisões e provocando desgaste da imagem da empresa junto ao cliente. Apos fazer uma analise mais criteriosa da equipe e preparando-os para o novo desafio estamos implantando esta nova metodologia de trabalho e em apesar de pouco tempo que esta foi startada esta ação já estamos colhendo bons frutos com uma equipe mais motivada e resultados positivos junto ao cliente.

    • Equipe Veler says

      Salve Adelirio ! Que bom saber de boas práticas de gestão pelo Brasil,
      e que você é um dos protagonistas. A mola mestra para a transmissão de
      poder aos nossos colaboradores (Empowerment) é a confiança neles. A
      contra partida natural é a confiança deles em nós! E isso, pelo visto,
      vem ocorrendo em sua realidade. Esteja preparado para mais surpresas
      agradáveis. O próximo passo (provavelmente) será a identificação de
      lideres naturais, aqueles que você poderá chamar de “seus braços na
      equipe”.
      Sucesso, amigo, e nos mantenha informado de suas conquistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>